Home > Notícias > Pelegrino cobra legislação sobre financiamento de campanha

Pelegrino cobra legislação sobre financiamento de campanha

O Supremo Tribunal Federal reconheceu, em 2015, a inconstitucionalidade do financiamento privado de campanha eleitoral, decisão defendida historicamente pelo PT. No entanto, deixou em aberto forma de viabilizar as campanhas, colocando em risco a isonomia de acordo com o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA). Em seu pronunciamento nesta quarta-feira (23), ele exigiu que o Congresso defina uma forma democrática de viabilizar as campanhas.

Para o deputado, a isonomia só será possível com o financiamento público. “Sem estabelecer uma legislação democrática, apenas os ricos, que podem financiar suas campanhas, ou os aventureiros, que manterão o caixa dois, terão êxito nas eleições. Os que quiserem disputar dentro da lei, de forma democrática, terão sérias dificuldade”.